Jordina voltou do dentista e ficou em seu quarto...
Estava desencantada...
Não acreditava que Diego ainda não tinha te ligado, e tentava criar coragem para ligar para ele... estava tão desancantada que nem queria ir para o curso naquele dia!
Jordina ficava pensando nos motivos que levavm Diego não ter ligado até então... e consequentemente pensou se era legal, ela tomar esta iniciativa e ligar! Entre seus pensamentos, veio-lhe um... Conheço um cara no trem, ele fica com um bilhete preparado para me dar... isso significa que ele pensava em mim, enquanto estava fora daquele trem também... então ele não vai pensar nada de mais se eu ligar.
Jordina colocou o celular para carregar, estava "morto", não daria nem para discar o primeiro numero...
Enquanto esperava o celular carregar um pouco, ligou o computador...
Entrou no MSN... e ganhou o dia...
Alí apareceu uma mensagem dizendo que Diego a convidara para adiciona-lo no MSN!!!
Jordina havia até esquecido que tinha passado seu e-mail para ele... E logo em seguida a janela piscou...
Jordina tremeu... ficou enlouquecida quando viu:
Diego diz: Bom dia!!! Nossa... passei a manhã toda esperando você entrar!!!
Jordina diz: Bom dia para você também... Tive dentista pela manhã, só entrei agora para ver meus e-mails!
Diego diz: Poxa... tentei te ligar ontem, mas caiu em outro celular o numero que você me deu!
Jordina pensou: Meu Papi Celeste!!! Não acredito que passei o numero errado, e fiquei todo este tempo pensando besteira!!!
Jordina diz: Sério... que numero te passei???
Diego passou o numero, e realmente jordina havia invertido o 4 primeiros digitos!
Jordina diz: Me desculpe, é que comprei este celular a uma semana, e ainda não decorei o numero na sequencia certa hahahahahaha!
Diego diz: Estará no trem hoje?
Jordina diz: Agora estarei...
Diego diz: Porque " Agora estarei"???
Jordina diz: è que meu dia começou meio tulmutuado, então não ia para o curso... mas agora você mudou o rumo do meu dia, e sinto-me bem para sair!
Diego diz: Que bom que te causo este bem estar, pois você também só me causa coisas boas...
Jordina diz: Também fico feliz por te causar estas mesmas coisas boas!
Diego diz: :D
Jordina diz: Vou tomar banho... Vai sair? Ou dará tempo para eu voltar?
Diego diz: Vou sair... mas como vou te encontrar logo mais, não me importo de ficar estes minutos sem falar com você!
Jordina diz: ... ( não sei nem o que dizer!) Até daqui a pouco então!
Diego diz: Até!
Jordina desligou o computador... jogou-se na cama, pegou uma das almofadas, abafou o rosto e gritou: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
E sorriu de extrema felicidade!!!

Sua mãe atrasou sua saída pedindo para ela lhe ajudar a tirar as cortinas da sala...
Assim que terminou a tarefa, saiu correndo, deu um beijo na mãe e foi...
No caminho encontrou Dorvan... Mas estava com tanta pressa que nem acenou!
Depois até pensou se o menino ia ficar triste com sua indiferença, mas sabia que breve ele esqueceria!
Correu para pegar o trem que estava chegando na estação... Correu o máximo que pôde e entrou no trem! Sentou-se e foi ouvindo música...
A música envolveu seus pensamentos... ao som de Maria Gadu, lembrava das palavras de Diego no MSN, e pensava no que estava por vir...
No seu pensamento estava estampado: Estou indo encontra-lo!
Jordina na flor de seus 20 aninhos, estava encantada com o fato de uma primeiro amor! Apesar de sua beleza, era muito tímida, e isso afastava-a de uma vida de grandes amores, fato que não a incomodava nem um pouco. Jordina sonhadora e romântica, sempre acreditou no encontro da pessa certa, na hora que lhe fosse destinada.
Flutuante, palpitante, apaixonada, empolgada e encantada, Jordina chegou na sua estação... Desceu, olhou a plataforma, e o avistou. Sentiu seu coração dar explosões silenciosas dentro de si, e aproximando-se encontrou o que mais lhe encantava em Diego... o Sorriso!
Um abraço longo... cheio de sensações inigualáveis da paixão, encobriu todos os seus outros sentidos e sentimentos...

Para que continuar se podemos deixar Jordina ai sentindo uma das sensações mais inebriantes existente dentro do que duas pessoas podem sentir?
O amor é a morada certa, é a solidez dentro da sua certeza para com um outro ser!
Mas a paixão... ahhhh a paixão é a estudez mais robusta dentro das incertezas certas de um coração que sente que não tem nada a perder!
Estar apaixonada(o) é ter todos os dias uma cordinha, para você puxar e sair correndo para ser feliz!


Até o capítulo 9! ;)

6 Comments:

  1. Rosa Mattos said...
    Muito bom este capítulo, Michelle. Adorei a parte da almofada, ri muito aqui. rsrsrs É que eu já fiz igualzinho! AHHHHHHHHHH!!! hehe*
    krika said...
    história incrível...
    Joana Neves said...
    Olá novamente miga!
    Vim oferecer o meu selinho de Natal (ta em presents4you) e dois outros selinhos que estão em "prémios recebidos"!

    Gostei muito deste capitulo! Ansiosa que chegue o 9:)
    Uma boa semaninha amiga!
    Com carinho, Joana Neves.
    http://joananeves.splinder.com
    Debora said...
    Cada dia mais interessante, e o capítulo de hoje então.... to anciosa para o próximo!
    Bjusss querida e ótima semana!
    Raquel Machado said...
    Ola Michele,
    Vim conferir mais um capítulo do seu conto...fiquei feliz ao ver que os dois vão finalmente se encontrar...ehehehe...a paixão é linda mesmo ainda mais quando é a primeira coisa de adolescente pode até ser mas que é uma coisa que a gente não esquece mais isso lá é verdade. Amei mesmo....Bjks
    Teresa Carneiro said...
    ai que delicia amiga!!!!!!isso me reportou nos meus encontros com meu marido (na epoca namorado)...amei!!!!!!!!bjs

Post a Comment



Template by:
Free Blog Templates